domingo, 8 de dezembro de 2013

quarta-feira, 27 de março de 2013

- Epístrofe -











Eu te amo
E não te amo.

Te amo quando te amo
E quando não te amo.

Pois, quando te amo,
Sei que não te amo;

Mas, quando não te amo,
Te amo o tempo todo.

...

E por amar-te tanto,
Procuro não te amar;

Para não amar-te 'enquanto'
E sim, 'eternamenteamar'.



2009


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

- Quem é você ? -





Me diz quem é você por traz da sua fantasia,
A máscara não esconde
A sua hipocrisia.

Qual a sua opinião,
Com que olhos você vê?

Me diz quem é você..
Quero ouvir a sua voz,
Entender os seus conceitos.

Diz que é santo mas o passado o condena;
Veste o manto
Mas é seco o seu pranto.

Será que a dor alheia lhe diz respeito?
E a fome que há nas ruas
Lhe causa algum espanto?

Ou finges que não vê.

Me diz quem é você..
Que assiste a tudo inerte
Com as suas mãos lavadas
E a consciência limpa pois nunca foi usada.

Será que as injustiças não despertam seus porquês?

Se o espelho te absolve
E o travesseiro te conforta,

Me diz quem é você..
Mostra-me o que há de vida
Nesta sua alma morta.

Com o que você se importa
Além de estar nos moldes,
Nos óbvios padrões.

De uma vez por todas
Me diz: Quem é você?

Só não quero as suas respostas..

Me interessam as sua QUESTÕES. 


- Sandro Augusto - 2012

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

- Despedida -




Estou sem idéia e sem assunto,
E sem você me pergunto:
Como é que se vive?

Estou sem razão e sem loucura,
E sem você, criatura,
Como se sobrevive?

Sem verdades, sem mentiras,
Sem o bêco e nem saída..

Sem você..
Qualquer chegada
é despedida.


Sandro Augusto - 2002